Acionada por candidata de oposição, justiça suspende eleição da API por 30 dias

A Sétima Vara Cível de João Pessoa suspendeu, na tarde desta quinta-feira (19), o processo eleitoral da Associação Paraibana de Imprensa. A suspensão será pelo prazo de 30 dias. O pleito aconteceria nesta sexta no Interior e neste sábado na Capital.

O pedido foi feito por aliados da professora Sandra Moura, que concorre na eleição, e assinada pelo escritório do advogado Roosevel Vita.

A alegação é que a atual diretoria incluiu cerca de 100 novos filiados sem o aval da Comissão de Sindicância e nem do Conselho Deliberativo.

Na decisão liminar, a juíza Ivanoska Maria determina que o presidente da entidade apresente relação pormenorizada da data de ingresso dos novos filiados.

Heron Cid