Um mês de greve: assistentes sociais de São João do Rio do Peixe vão as ruas e fazem manifesto

Os assistentes sociais do município de São João do Rio do Peixe realizaram na manhã desta quinta-feira (5) um movimento pelas principais ruas. O evento marcou 30 dias de greve da categoria.

Os profissionais vinculados ao Sindicato dos Servidores Municipais de São João do Rio do Peixe lutam por aumento salarial há nove anos.

No último manifesto realizado em junho, o prefeito Aírton Pires ficou de conversar com os assistentes sociais. Segundo a presidente Patrícia Macário, sem resposta do Governo Municipal, a solução foi dar continuidade a greve.

Patrícia explicou ainda que a luta da Assistência Social foi iniciada no ano de 2016, mas como a demanda da Saúde ganhou mais abrangência em 2017 deu-se espaço a esta categoria, mas a luta pelo PCCR da Assistência Social foi retomada este ano.

Luta também da Saúde

No ano passado, os profissionais da Saúde ficaram mais de 50 dias de greve, no entanto conseguiram a implantação do piso. “Também queremos nosso direito”. Protestou a presidente.