Ligações para centro de prevenção ao suicídio passam a ser gratuitas em todo o país

Desde domingo (1º) o CVV (Centro de Valorização da Vida) está operando gratuitamente. O serviço funciona para que pessoas que precisem conversar ou estão pensando em se suicidar encontrem apoio emocional. As ligações, feitas para o número 188, são atendidas por voluntários em todo o território nacional.

A possibilidade de tornar a ligação gratuita para todo o país é resultado de uma parceria entre o CVV e o Ministério da Saúde. A autorização para que as ligações se tornassem gratuitas foi assinada há cerca de um ano pela Anatel (Agência Nacional de Telecomunicações).

O serviço opera sem fins lucrativos e atende qualquer pessoa que esteja passando por algum tipo de problema. As chamadas podem ser feitas de celulares, telefones fixos ou orelhões, 24h por dia. Apenas no ano passado foram atendidas mais de 2 milhões de ligações. O atendimento também é oferecido pela internet.

Há um ano, cada minuto de chamada para o CVV custava em média R$ 0,07 de um telefone fixo e R$ 0,70 de um móvel. O número 188, que substituiu o antigo 141, foi definido após demanda da Coordenação Geral de Saúde Mental, Álcool e Outras Drogas do Ministério da Saúde. A coordenação contatou a Anatel em busca de um número de utilidade pública de emergência para suporte à política de redução dos índices de suicídio.

Agencia Brasil