Cavalgada vira alvo de investigação pelo Ministério Público Federal em Sousa

O evento denominado ‘primeira cavalgada’,realizado pela Prefeitura de São José da Lagoa Tapada, no Sertão da Paraíba, está sendo investigado pelo Ministério Público Federal em Sousa. O procedimento foi instaurado pelo procurador da República, Eliabe Soares da Silva.

De acordo com a portaria do MPF, uma notícia de fato foi transformada em inquérito para apurar irregularidades na execução do convênio estabelecido no ano de 2010 entre a Prefeitura e o Ministério do Turismo no valor de R$ 100 mil para custear a festa que fazia parte das comemorações do padroeiro.

Na época, o município era administrado pelo prefeito Evilásio Lucena (Neto de Coraci).